NOTÍCIAS

Últimas notícias


NOTÍCIA EM DETALHE

Etapa a Etapa

O jovem pelotão da 23ª Volta a Portugal Liberty Seguros terá pela frente 509,9 Km, com início em Pombal e final em Oliveira de Azeméis. São quatro etapas, quatro dias de prova que começam nas Terras de Sicó, no centro de Portugal.

Os primeiros quilómetros da Volta a Portugal do Futuro 2015 serão cumpridos entre Pombal e Ansião. A partida para os 137,5 Km da jornada inicial, a 16 de julho, será dada às 12h40 no Largo da Biblioteca, em Pombal. As três Metas Volantes estão instaladas em Soure, Condeixa-a-Nova e Penela. A 30 quilómetros da chegada, o pelotão irá enfrentar o único Prémio de Montanha, de 3ª categoria, em Porta, freguesia de Alvaiázere. A faltarem 16 quilómetros para a meta, no centro de Ansião, haverá uma primeira passagem no local proporcionando ao público da chegada um primeiro contacto visual com o pelotão. O primeiro Camisola Amarela Liberty Seguros será desvendado na Rua Coronel Vitorino Henriques Godinho, pelas 16h15.

A segunda etapa da 23ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros será dura com dois Prémios de Montanha de 2ª categoria. Entre Alvaiázere e Oliveira do Hospital foram delineados 135 Km. O pelotão estará concentrado, desde as 11h30, junto ao Estádio Municipal de Alvaiázere para se fazer à estrada por volta das 12h30. Ainda sem 20 quilómetros nas pernas os jovens corredores enfrentarão o primeiro Prémio de Montanha, de 3ª categoria, em São Neutel. Será apenas um aperitivo para as duas contagens de montanha de 2ª categoria em Alvares e Santa Ovaia, esta última marcada a apenas 7 quilómetros e meio da meta. Para trás já terão ficado as Metas Volantes de Pedrógão-Grande, Góis e Avô. As decisões finais estão reservadas para a meta na Av. Dr. Carlos Campos, em Oliveira do Hospital cerca das 16h15.

Com o fim-de-semana chega a etapa mais curta da 23ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros, mas não chega o descanso, muito pelo contrário. Este terceiro dia de competição, com 116,5 Km, será o mais difícil. A partida acontece às 12h40 no Fontelo, em Viseu, em direção à serra de São Macário em São Pedro do Sul. As Metas Volantes estarão instaladas em Tondela, Campo de Besteiros e São Pedro do Sul. Haverá um prémio de Montanha de 3ª categoria, em Campo de Besteiros mas as verdadeiras dificuldades estarão reservadas para o fim. Coincidindo com a meta final, os corredores terão de enfrentar os quase 1000 metros de altitude da Serra de São Macário, uma contagem de 1ª categoria que há muito não é utilizada no ciclismo.

No domingo, 19 de julho, cumpre-se o derradeiro dia de prova. A caravana regressa a São Pedro do Sul, Avenida da Liberdade, onde às 12h50 será dada a partida. Oliveira de Frades, Águeda e Vale de Cambra são Metas Volantes de um dia que não se adivinha tranquilo e o terreno inclinado ainda poderá ditar a lei do mais forte. Haverá duas contagens para o Prémio da Montanha de 3ª categoria, em Varzielas e Talhadas e mais complicada ainda será a derradeira subida a faltarem pouco mais de 20 quilómetros para a meta final. Em Decide, a contagem é de 2ª categoria e depois será sempre a descer para Oliveira de Azeméis. Pouco depois das 16horas, adivinha-se "casa cheia" na Av. D. Maria I, para participar na festa de coroação dos melhores da 23ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros.


A 23ª Volta Portugal do Futuro Liberty Seguros tem o apoio da Associação de Desenvolvimento Terras de Sicó e das autarquias de Oliveira do Hospital, Viseu, São Pedro do Sul e Oliveira de Azeméis.
São patrocinadores: Liberty Seguros, Banco Bic, RTP, Fundação do Desporto, KIA, Delta Cafés, Raposeira, Vitalis, Fundação INATEL, AVIS, Pacto, Dietsport, Classificações.net, Instituto Geográfico de Portugal, Infraestruturas de Portugal, A Bola, Antena 1, Ciclismo a Fundo, KTM Bikes e Shimano.


Sigam-nos no Facebook

Sigam-nos no Twitter

Sigam-nos no Instagram

#eugostodaVolta

14-07-2015



Partilhar
Anterior | Seguinte